Como driblar a alta do dólar

E ai galera, tudo bem? A oscilação do dólar está sendo um assunto muito comentado atualmente, então achei importante dar algumas dicas para os viajantes de plantão sobre o tema.

O dólar afeta diretamente o orçamento da sua viagem, mas isso não é motivo para desistir. Você pode optar por cartões pré-pagos (o conhecido Travel Money) e o dinheiro em espécie para não se tornar uma vítima da taxa de câmbio de cartões de crédito nestes momentos de alta do dólar.

Um conselho meu para os viajantes de plantão é transferir o que você pretende gastar no crédito para o pré-pago. O seu crédito é apenas um risco maior na hora do fechamento da fatura, e você só vai saber o que gastou quando voltar de viagem, então não é muito lucrativo. Com o dinheiro em mãos, você vai saber o quanto está gastando na hora.

Outra opção é parcelar a compra de dólares, pois comprar em dias diferentes faz com que o turista fuja das taxas mais elevadas.

Agora, quem não tiver outra opção a não ser o cartão de crédito, deve ter em mente que a moeda usada para a conversão da fatura do cartão é sempre o dólar, independente da divisa do país de destino. A taxa decâmbio vai variar de acordo com o seu banco, estabelecendo os valores sob referência do Banco Central. O ideal é utilizar o crédito apenas para situações inesperadas durante sua a viagem.

Uma outra dica é ter o seguro viagem. Com ele, se ocorrer algum problema de saúde, você não vai precisar gastar com consultas ou hospitais.

Ainda ficou com alguma dúvida? Comente aqui e deixe o seu comentário!

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *